Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Desacatos a bordo terminam com cinco detenções

  • 333

Em Pequim, a polícia foi forçada a entrar num avião para pôr fim a uma cena de pancadaria, que começou quando uma mulher, irritada, desatou a insultar os membros da tripulação

Nem todos têm paciência para esperar, já se sabe, mas a manifestação da impaciência pode dar mau resultado. No caso que relata o “South China Morning Post”, a consequência foi uma cena de pancadaria a bordo, que apanhou desprevenidos os passageiros do voo da Hainan Airline que, sábado à noite, fazia a ligação entre Pequim e Xian.

O atraso na partida do avião terá incomodado uma mulher, a ponto de esta começar a insultar os elementos da tripulação. Perante o evidente nervosismo e excessos de linguagem, o passageiro que estava sentado ao seu lado tentou acalmá-la, mas virou o alvo da sua raiva, tendo sido agredido.

Não se sabe ao certo a razão, mas entretanto outros passageiros se envolveram na luta, o que levou a polícia chinesa a entrar no aparelho e a levar um total de cinco passageiros para interrogatório.

Ao fim de quase cinco horas de atraso, o avião lá seguiu viagem, tendo várias das pessoas a bordo solicitado à companhia aérea uma indemnização.