Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Ajuda humanitária inglesa travada em Calais

  • 333

Jack Taylor /Getty Images

250 veículos com ajuda humanitária foram impedidos de entrar em Calais pelas autoridades francesas. A razão avançada foi o reforço da segurança.

Um comboio de mercadorias de 250 veículos (com comboios, carros e minibuses), com doações para os refugiados a viver em Calais (França) foi retido esta manhã no porto de Dover, em Inglaterra, alegadamente por razões de segurança. Uma manifestação espontânea gerou-se no local, com os porta-vozes dos grupos organizadores, o "People's Assembly", o "Stop the War Coalition" e outros voluntários a entoarem cânticos e a erguer cartazes com declarações de "Refugees Welcome" e "Solidariedade para com os Refugiados". O aumento do nível de segurança do Estado francês foi o argumento avançado para esta retenção. A viagem está a ser preparada há seis meses, queixou-se Steve Sweeney, um dos organizadores. As autoridades de Kent já fizeram saber que não podem agir contra a decisão de recusa, por parte de França, de deixar as mercadorias prosseguirem até Calais.