Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Depois da APAV, o Podemos: um catálogo Ikea para apresentar um programa político

  • 333

A menos de um mês das eleições legislativas antecipadas em Espanha, Podemos apresenta propostas de governação num catálogo que imita o formato e a estética dos populares catálogos de mobiliário da marca sueca. "Queremos que o nosso programa eleitoral seja o mais lido", defende diretora das propostas do partido

As medidas são praticamente as mesmas que as que foram apresentadas em dezembro, antes da ida às urnas no dia 20 desse mês que lançou Espanha numa crise política que culminou com a convocatória de legislativas antecipadas para o próximo dia 26 de junho (26-J).

A menos de um mês de novas eleições para definir o próximo Executivo espanhol, o Podemos relançou na quarta-feira o seu programa político mas desta vez não se ficou pela mera criação de uma lista de propostas publicadas num site para consumo dos eleitores interessados.

Para alcançarem o "objetivo atual" de terem "o programa político mais lido" dos partidos que vão a votos, o movimento de esquerda liderado por Pablo Iglesias recorreu a um modelo de consumo de enorme sucesso em vários países do mundo: os catálogos do Ikea.

Copiou a estética e o formato do catálogo e apresentou-o ontem, à semelhança da estratégia da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), que em maio do ano passado contratou os serviços do publicitário brasileiro Edson Athaíde para lançar um catálogo Ikea a mostrar como a casa está longe de ser um local seguro para as vítimas de violência doméstica.

A ideia surge agora aplicada ao programa político do Podemos, com figuras do partido como Iglesias, Íñigo Errejón, Pablo Echenique e Irene Montero a surgirem, cada um, em cada capítulo do catálogo dedicado às várias divisões de uma casa. O líder do movimento político, por exemplo, surge na secção "salas" e novamente no segmento de "escritórios", com a legenda: "É necessário remodelar os nossos espaços de trabalho para nos adaptarmos aos novos tempos e conquistar, assim, mais e melhores direitos. Chegou a hora de pôr a economia espanhola no lugar que lhe corresponde, tanto na Europa, como no mundo”.

Na secção "cozinhas" aparece Julio Rodriguez, ex-chefe do Estado-maior da Defesa e cabeça de lista por Almería, a lavar pratos, com uma introdução onde se lê: "Chegou o momento de mudar a forma como produzimos e transformamos os nossos bens. A cozinha de Espanha deve modernizar-se."

O catálogo é inaugurado com uma explicação do modelo de apresentação das propostas: "Há momentos na História em que, para defender os princípios que nos ensinaram os nossos pais, há que utilizar ferramentas novas. A 26 de junho o nosso país tem a oportunidade de estrear um futuro novo. Junta-te ao país que aí vem."

"Se queremos alcançar objetivos distintos temos que tomar medidas distintas", explicou Carolina Bescansa, responsável pelo programa político do Podemos, na apresentação do catálogo em Madrid. "O nosso objetivo agora é que o programa eleitoral seja o mais lido e por isso tomámos medidas que podem ajudar."

O partido espera alcançar o maior número possível de eleitores através do conceito relativamente inovador. O catálogo Ikea-Podemos está à venda desde ontem por 1,80€ mais despesas de envio.