Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Europeus querem britânicos dentro da UE, mas há cada vez mais britânicos que querem sair

  • 333

Dan Kitwood

Nova sondagem da Opinium dá vantagem de três pontos percentuais ao Brexit a menos de três semanas do referendo no Reino Unido. Outro inquérito de opinião em nove dos 28 Estados-membros da União mostra que maioria dos europeus quer que britânicos fiquem no bloco

A campanha Vote Leave pela saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit) ganhou momentum na última semana, alcançando uma vantagem de três pontos percentuais na última sondagem de intenção de voto publicada esta segunda-feira, a pouco mais de duas semanas de os britânicos votarem o seu futuro dentro ou fora do bloco no refereno de 23 de junho.

De acordo com o inquérito da Opinium para o jornal "Observer", neste momento o Brexit lidera entre os eleitores com 43% das intenções contra 40% dos inquiridos que dizem preferir continuar a fazer parte da UE. Os resultados divulgados esta manhã levaram à queda da libra para o valor mais baixo das últimas três semanas.

A última sondagem surge depois de a Vote Leave ter apresentado, há cinco dias, as suas primeiras promessas políticas, com os líderes da campanha — o ex-autarca de Londres e aspirante a primeiro-ministro, Boris Johnson, e o atual ministro da Justiça, Michael Gove — a prometerem um sistema por pontos semelhante à estrita lei de imigração da Austrália para "restaurar a confiança pública nas políticas de imigração" e acabar com o "direito automático de todos os cidadãos da UE de viverem e trabalharem no Reino Unido".

De acordo com o mesmo inquérito, dois em cada cinco eleitores (41%) citam a imigração como um dos dois pontos mais importantes na sua decisão de voto a 23 de junho. Ainda assim, apenas 35% dos 2007 inquiridos dizem que o Reino Unido tem capacidade para criar as suas próprias leis sem inteferência da UE, com 29% a dizerem-se preocupados com o impacto económico da saída do país do bloco. Cerca de 12% dizem que o Reino Unido teria mais controlo sobre a imigração permanencendo na União e 24% dizem que ficar ou sair não fará qualquer diferença nessa área.

Os resultados da última sondagem interna contrastam com o sentimento generalizado entre os europeus relativamente ao Brexit, a maioria dos quais prefere que o Reino Unido continue a fazer parte do bloco dos 28. Segundo uma sondagem do instituto TNS em nove países da UE publicada esta segunda-feira, "os europeus mostram-se claramente favoráveis a que os britânicos permaneçam no clube", refere o jornal francês "Le Fígaro", que divulgou os resultados desse inquérito.

O sentimento anti-Brexit cresceu entre os europeus em relação à última sondagem realizada pelo mesmo instituto em abril, notando-se um aumento de um ponto percentual na Alemanha, seis pontos percentuais em França e dez pontos percentuais na Polónia.