Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Guarda Costeira grega tenta salvar centenas de refugiados ao largo de Creta

  • 333

Embarcação com cerca de 25 metros de comprimento que transportava centenas de migrantes vindos da Turquia está a afundar no Mar Egeu

A Guarda Costeira grega está esta sexta-feira de manhã a levar a cabo uma operação de resgate de emergência no mar Egeu após um barco que transportava centenas de refugiados se ter virado a sul de Creta após ceder à sobrelotação.

"O número de pessoas em apuros ronda as centenas", disse uma porta-voz da Guarda Costeira. "Há pessoas na água, barcos a atravessar a zona estão a atirar botes salva-vidas de borracha para a água e estão a ajudar-nos a tentar salvar os migrantes."

De acordo com a mesma fonte citada pelo "The Guardian", foi um navio que avistou a embarcação a afundar-se a cerca de 75 milhas náuticas da costa sul de Creta, a maior ilha da Grécia. A Guarda Costeira já enviou dois barcos de patrulha, um avião e um helicóptero para o local, com pelo menos quatro navios que passavam na zona àquela a hora a juntarem-se à operação de resgate. Também de acordo com a porta-voz das autoridades gregas, cerca de metade do barco de 25 metros de comprimento já está debaixo de água.

Na terça-feira, a agência da ONU para os Refugiados avançou que, desde janeiro, cerca de 204 mil pessoas atravessaram o Mediterrâneo em direção à Europa fugidas de guerras e repressões em países do Médio Oriente e de África. Mais de 2500 pessoas morreram durante a perigosa travessia marítima este ano.