Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pelo menos 30 mortos em naufrágio ao largo da Líbia

  • 333

OZAN KOSE/ Getty Images

O alerta foi dado por um avião de reconhecimento luxemburguês. Os outros 50 migrantes que seguiam na embarcação foram resgatados pela guarda costeira italiana

Helena Bento

Jornalista

Uma embarcação de migrantes naufragou esta quinta-feira no Mediterrâneo, ao largo da costa da Líbia. Pelo menos 30 pessoas morreram e outras 50 foram resgatadas, segundo as autoridades.

O alerta foi dado por um avião de reconhecimento luxemburguês. A guarda costeira italiana, assim como uma fragata espanhola, dirigiram-se imediamente ao local. Quando chegaram já havia dezenas de mortos entre os cerca de 100 migrantes que o barco transportava.

Numa fotografia partilhada no Twitter pela Atalanta, força naval da União Europeia, vê-se um grupo grande de pessoas a pedir ajuda, muitas delas já quase cobertas de água.

É o segundo incidente do género esta semana, depois de na quarta-feira terem morrido cinco pessoas que seguiam numa embarcação que naufragou também ao largo da Líbia, transportando cerca de 570 migrantes. Ao que tudo indica, o barco seguia com excesso de peso num dos lados.

Só esta semana, cerca de 6000 migrantes foram resgatados de barcos que afundaram no Mediterrâneo. Apesar dos riscos, muitos continuam a sujeitar-se às duras viagens por mar para tentar alcançar a Europa. Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), num relatório recente, 40 mil pessoas chegaram à costa italiana desde o início deste ano.