Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

O dia mais quente de sempre na Índia

  • 333

NARINDER NANU / AFP / Getty Images

Numa cidade do norte do país os termómetros atingiram os 51 graus Celsius esta quinta-feira. E nos próximos dias as temperaturas podem ainda subir mais

Na cidade de Phalodi, estado indiano do Rajastão, as temperaturas atingiram esta quinta-feira os 51 graus Celsius, a mais alta alguma vez registada oficialmente no país.

Os hospitais da região registaram um aumento do número de entradas de pessoas com problemas cardíacos, motivados pela intensa canícula.

O Instituto de Meteorologia indiano adverte que a vaga de calor deverá agravar-se nos próximos dias, e que a urbanização e industrialização têm contribuído para as subidas das temperaturas no país.

“Desde 2001, locais do norte da Índia, em especial no Rajastão, têm registado uma tendência para o aumento das temperaturas todos anos. A razão principal é o consumo excessivo de energia e as emissões de dióxido de carbono. Fatores como a urbanização e industrialização somaram-se ao fenómeno do aquecimento global”, afirma Laxmam Singh Rathore, diretor-geral do Instituto de Meteorologia, citado pelo “The Times of India”.

O anterior recorde situava-se nos 50,6 graus e havia sido registado em 1956 em Alwar, outra cidade do Rajastão.