Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

18 grandes acidentes aéreos nos últimos 20 anos

  • 333

Getty

Ainda que seja um dos meios de transporte mais seguros da atualidade, nos últimos 20 anos registaram-se 18 grandes acidentes aéreos onde morreram milhares de pessoas

31 outubro 2015 - Ao sobrevoar a península do Sinai, o Airbus A321 da empresa russa Kogalymavi caiu 23 minutos depois de levantar voo do aeroporto egípcio de Charm el-Cheikh, matando todas as 224 pessoas a bordo. O avião dirigia-se para São Petersburgo, Rússia.

24 março 2015 - O copiloto alemão Andreas Lubitz faz despenhar o Airbus A320 da Germanwings, que fazia a ligação Barcelona-Dusseldorf, nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo.

27 dezembro 2014 - Um Airbus A320 da Air Asia despenha-se no Golfo da Indonésia com 162 pessoas a bordo, devido a falha mecânica.

24 julho 2014 - Um aparelho McDonnell Douglas-83 da Air Algérie, que fazia a ligação Ouagadougou-Argel, caiu no norte do Mali com 116 pessoas a bordo.

17 julho 2014 - Um Boeing-777 da Malaysia Airlines é abatido, quando sobrevoava o leste da Ucrânia, com 298 pessoas a bordo. De acordo com um inquérito internacional, conduzido pela Holanda, o aparelho foi abatido por uma ogiva de tipo "9N314M" lançada por um sistema de mísseis terra-ar de tipo "BUK", de fabrico russo.

8 março 2014 - Um Boeing 777-200 da Malaysia Airlines, que fazia a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim, desapareceu quando sobrevoava o oceano Índico. Seguiam a bordo 239 pessoas.

1 junho 2009 - Um Airbus A-330 da Air France despenhou-se no oceano Atlântico quando fazia a ligação Rio de Janeiro-Paris com 228 pessoas a bordo. A análise às caixas negras determinou que o acidente foi causado por um erro dos pilotos.

17 julho 2007 - Um Airbus A320 da companhia aérea brasileira TAM saiu da pista, ao aterrar no aeroporto de Congonhas, São Paulo, e chocou contra um edifício. A maior tragédia aérea do Brasil causou 199 mortos e um desaparecido (187 ocupantes do avião e 13 pessoas que estavam em terra).

25 maio 2002 - Um Boeing 747-200 da companhia aérea China Airlines caiu no mar depois de descolar de Taiwan. Morreram 225 pessoas.

12 novembro 2001 - Um Airbus-300 da American Airlines despenhou-se no bairro residencial de Rockaway, em Nova Iorque, causando a morte de 225 ocupantes.

31 outubro 1999 - Os 217 ocupantes de um Boeing 767 da EgypAir, com destino ao Cairo, morreram quando o avião caiu nas águas do Atlântico, junto ao estado norte-americano de Massachusetts, depois de descolar do aeroporto de Nova Iorque.

2 setembro 1998 - Morreram os 229 ocupantes de um MD-11 da Swissair, que caiu no Atlântico quando tentava realizar uma aterragem de emergência em Halifax (Canadá), depois de declarar-se um incêndio a bordo.

16 fevereiro 1998 - Um Airbus 300-600 da China Airlines despenhou-se contra moradias situadas junto ao aeroporto de Taiwan. Morreram 203 pessoas.

26 setembro 1997 - Morreram os 234 ocupantes de um Airbus A300 da companhia aérea Garuda Indonesia, que caiu pouco antes de aterrar no aeroporto de Medan, na ilha de Samatra.

5 agosto 1997 - Um Boeing 747 da sul-coreana Korean Airlines despenhou-se a cinco quilómetros do aeroporto da ilha de Guam (Estados Unidos), no Pacífico. Morreram 227 pessoas das 254 que seguiam a bordo.

12 novembro 1996 - Dois aviões chocaram no ar quando sobrevoavam Nova Deli: um Boeing 747 das linhas aéreas sauditas, com 312 pessoas a bordo, e uma aeronave do Cazaquistão Ilyushin-76, com 37 ocupantes.

17 julho 1996 - Um Jumbo 747 da transportadora norte-americana TWA despenhou-se no Atlântico, depois de explodir no ar, 45 minutos depois de ter levantado voo de Nova Iorque, rumo a Paris, devido a perda de combustível. Duzentos e trinta mortos.

8 janeiro 1996 - 297 mortos na queda de um avião de carga Antonov 32 num mercado de Kinshasa (República Democrática do Congo) devido ao excesso de peso e ao mau estado do aparelho.