Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Três pessoas presas por suspeita de roubo de fotos íntimas da mulher de Temer

  • 333

Michael Temer e a mulher, Marcela (à direita na imagem) na tomada de posse do segundo mandato de Dilma

EVARISTO SA/ Getty Images

Um homem de 31 anos e duas mulheres são suspeitos de fazerem download de uma série de ficheiros de uma conta pessoal da mulher do Presidente interino do Brasil

Ainda agora começou a presidir o Brasil e já há problemas para Michael Temer. Ou melhor para a mulher, Marcela. Três pessoas foram detidas na quarta-feira, sob suspeita de terem roubado fotos íntimas do telemóvel da mulher do presidente interino brasileiro. A informação foi avançada esta quinta-feira pelos media brasileiros.

Segundo avança o jornal “A Folha de São Paulo”, o crime terá sido cometido há cerca de um mês. O homem, de 31 anos, terá entrado numa conta privada de armazenamento de ficheiros de Marcela. Em seguida, alegadamente fez download de uma série de documentos e arquivos, incluindo três fotografias mais íntimas. Após ter acedido às imagens, tentou extorquir dinheiro ao casal.

“[O suspeito] Não sabia que era Marcela. Em nenhum momento houve ameaças. Nunca se meteu nisso, apenas viu uma oportunidade de ganhar dinheiro fácil e não percebeu que era a mulher de um homem importante”, justificou o advogado Valter Bittencourt, citado pela “Folha de São Paulo”, que apela para que o caso seja julgado como burla e não como crime virtual.

Foram ainda detidas duas mulheres, esposa e cunhada do principal suspeito. Ambas, terão alegadamente influenciado o hacker a pedir o dinheiro a Marcela Temer.