Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Paris pagará às grávidas que deixarem de fumar

  • 333

GettyImages

A cada consulta que permanecerem livres do tabaco, as mulheres de Paris e Ile-de-France receberão um vale de compras no valor de 20 euros.

Em França, as mulheres grávidas que deixem de fumar vão receber 20 euros em vales de compras após cada visita médica. A iniciativa foi lançada pelo departamento de saúde de Paris, é financiada pelo Instituto Nacional de Oncologia e conta com participação de 16 hospitais da capital francesa e da Ile-de-France.

Num país onde as estatísticas revelam que 17% das fumadoras grávidas não abandonam o tabaco durante a gestação, os promotores do programa esperam contribuir para uma inversão de atitude.

Para serem abrangidas pela iniciativa, as mulheres devem cumprir alguns requisitos: estarem grávidas de menos de quatro meses e meio, serem maiores de 18 anos, fumarem pelo menos três cigarros por dia e não utilizarem cigarros eletrónicos e outros substitutos da nicotina.

A expetativa é que pelo menos 400 mulheres adiram com sucesso ao desafio, sobretudo tendo em conta o sucesso de uma experiência semelhante, realizada na Escócia.

Em 2015, as universidades de Sterling e Glasgow recompensaram 612 grávidas por terem deixado de fumar, fazendo aumentar o valor dos cheques com o passar do tempo. Feito o balanço, 22% das grávidas abandonaram o hábito.