Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pelo menos 73 mortos em acidente no Afeganistão

  • 333

SAYED MUSTAFA/EPA

Seguiam 125 passageiros a bordo dos dois autocarros que chocaram contra um camião cisterna. Muitos dos feridos encontram-se em estado grave.

Helena Bento

Jornalista

Pelo menos 73 pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas na sequência de uma colisão entre dois autocarros e um camião cisterna, no Afeganistão. O acidente ocorreu este domingo na estrada principal que liga Cabul a Kandahar, no sul do país.

Jawid Salangi, porta-voz do governador da província de Ghazni, perto da capital, confirmou que seguiam 125 passageiros a bordo dos autocarros. Os feridos foram transportados para um hospital daquela província.

A maior parte das vítimas, incluindo muitas crianças, ficaram carbonizadas, adianta a Al-Jazira. Unidades do Exército afegão foram enviadas para o local, tendo conseguido salvar alguns dos passageiros, embora muitos continuem em estado considerado grave.

Qais Azimy, repórter daquela televisão árabe, disse que na origem do acidente esteve provavelmente uma tentativa por parte dos condutores dos veículos de evitar os taliban, que controlam “checkpoints” na estrada onde ocorreu a colisão. “É provável que os condutores dos autocarros e do camião cisterna tenham tentado atravessar a parte mais hostil daquela estrada o mais rápido possível”, para evitar cruzar-se com os taliban. “Eles estavam a conduzir a grande velocidade. Foi isso que causou o acidente”, acrescentou o repórter.

Mohammadullah Ahmadi, director do departamento rodoviário local, disse à AP que o acidente se deveu a uma condução descuidada. “O nosso motorista é que foi culpado, conduzia de forma imprudente”, afirmou à AFP Esmatullah, um dos sobreviventes do acidente. A agência adianta também que é provável que os condutores estivessem a tentar evitar uma emboscada de guerrilheiros taliban, que têm uma forte presença naquela zona.