Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Starbucks em tribunal por excesso de gelo numa bebida

  • 333

Alex Wong/Getty

Segundo a queixosa, a cafetaria tem claramente a intenção de enganar os clientes, colocando mais gelo numa bebida e cobrando um valor superior

Uma norte-americana apresentou uma queixa contra a Starbucks, alegando que uma bebida tinha excesso de gelo. Na ação entregue no tribunal de Chicago, Stacy Pincus queixa-se que a empresa pratica publicidade enganosa, cobrando valores elevados aos clientes.

“A Starbucks oferece tamanhos de bebida Alto, Grande, Venti e Trenta e quando um cliente pede uma bebida fria Venti recebe apenas 14 onças da bebida (400 ml), pouco mais de metade do valor anunciado. (...) O gelo não é um fluido. A água aumenta quando congelada”, pode ler-se na ação.

Segundo a queixosa, a empresa tem claramente a intenção de enganar os clientes. “No essencial, a Starbucks não só não está a preparar as bebidas frias em relação à forma como elas são anunciadas, como está também a cobrar um preço premium” , acrescenta.

James Riley, porta-voz da Starbucks, afirmou que a empresa está atenta às queixas, mas defende que esta em causa não faz sentido. “Os nossos clientes percebem - e assim o esperam - que o gelo é essencial em qualquer bebida fresca. Se um cliente não estiver satisfeito com a preparação da sua bebida deve reclamar, que nós fazemos outra”, garantiu o responsável, citado pelo site “Quartz”.