Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Helicóptero que caiu na Noruega não pediu socorro

  • 333

O aparelho caiu na passada sexta-feira, dia 29, na pequena ilha de Turoey

REUTERS

O aparelho assegurava ligações aéreas entre o continente e as plataformas petrolíferas do norte. No acidente morreram 13 pessoas

Um investigador norueguês diz o helicóptero que caiu na Noruega a 29 de abril, causando a morte de 13 pessoas, não emitiu qualquer pedido de socorro ou alerta que indicasse estar em apuros.

Kare Halvorsen, que integra o Conselho de Investigação de Acidentes, recusa especular sobre as causas do acidente, mas afirma que a pesquisa até agora efetuada não revelou nenhuma comunicação de emergência.

O helicóptero que caiu assegurava ligações aéreas entre o continente e as plataformas petrolíferas do norte. Das 13 vítimas, 11 eram cidadãos noruegueses, um britânico e um outro italiano.

O aparelho caiu na passada sexta-feira, dia 29, na pequena ilha de Turoey. Vários testemunhos disseram ter visto uma forte explosão e pessoas no mar.