Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cruzeiro americano a caminho de Cuba. É o primeiro em quase 60 anos a chegar à ilha

  • 333

Erik S. Lesser

Transportando cerca de 700 pessoas, o navio de passageiros é o primeiro a fazer a ligação marítima entre o porto de Miami e Havana desde o congelamento das relações entre os dois países na década de 1960

Um cruzeiro norte-americano partiu no domingo em direção a Cuba, naquela que é a primeira viagem de um navio de passageiros a ligar os dois países em mais de 50 anos. O navio-cruzeiro Adonia partiu do porto marítimo de Miami transportando cerca de 700 passageiros, que deverão desembarcar esta segunda-feira em Havana.

Esta é mais uma restrição imposta desde o tempo da Guerra Fria a ser anulada, depois de os governos de Barack Obama e Raul Castro terem firmado a retomada histórica das relações diplomáticas em dezembro de 2014.

A viagem de cruzeiro a ligar Miami à capital cubana só foi possível após o governo de Castro ter anulado uma regra que impedia os seus cidadãos de entrar ou sair da ilha pelo mar. A travessia, a primeira de um navio-cruzeiro em mais de 50 anos, está a cargo da operadora norte-americana Carnival, que recebeu autorização dos dois governos para fazer a ligação Florida-Havana por mar.

Inicialmente, o governo ia manter a regra de que os seus cidadãos só podem entrar e sair de Cuba de avião, uma medida que afetava inclusivamente americanos de origem cubana a viver na costa oeste dos EUA. Por causa dos protestos de cubano-americanos e ameaças de ação judicial, a Carnival decidiu adiar a retomada da ligação marítima a Cuba até que essa política fosse alterada, algo que aconteceu há uma semana.

Antes da Revolução Cubana que conduziu Fidel Castro ao poder em 1959, era comum navis-cruzeiro e ferries atravessarem o estreito da Florida. Desde que Obama e o irmão de Fidel, que assumiu a presidência em 2008, alcançaram o histórico acordo de retomada de relações, o turismo para Cuba alcançou níveis recorde. Para já, a Carnival vai garantir viagens no Adonia uma vez por semana.