Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pesadelo de Temer começa nas ruas do Brasil

  • 333

Mais de 30 estradas em nove estados brasileiros foram cortadas esta manhã em protesto contra Michel Temer. Organizados pela Frente Povo Sem Medo, os bloqueios atingem sobretudo o sul de São Paulo e estendem-se ao Rio de Janeiro e a Brasília, entre outras cidades

Prometida há muito, a contestação ao “golpe” de Michel Temer começa a sair à rua, numa espécie de ensaio do que vão ser as manifestações já convocadas para o 1º de Maio por movimentos sociais e organizações sindicais. O lema dos protestos é "Contra o Golpe e Pela Democracia"

Pneus e caixotes do lixo a arder bloqueiam o trânsito em diversas vias rodoviárias no sul de São Paulo, onde estão previstos mais bloqueios em pelo menos dez das principais avenidas da cidade.

A Frente Povo Sem Medo diz que em Sumaré, no interior do Estado de São Paulo, o objetivo é "sitiar" a cidade fechando todos os pontos de acesso. Há também bloqueios convocados para Minas Gerais, Rio de Janeiro, Brasília, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Paraná e Goiás.

O corte das ruas foi organizado por manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) contra o processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. “Este é o primeiro recado que estamos dando a Temer e Cinha”, disse Zeleidio Brabosa Lima, um dos coordenadores do movimento,

Em Belo Horizonte e no interior do Estado de Minas Gerais, as manifestações e cortes de estradas são organizadas pelas Brigadas Populares e pelo MLB (Movimento de Luta nos Bairros e nas Favelas.

Tia Cida da liderança do MTST, disse à Folha de São Paulo que “o recado foi dado a Temer” com a paralisação dos dois sentidos da rodovia Régis Bittencourt. “O golpe aconteceu. Mas se o Temer acha que vai governar, está muito enganado. Não vamos deixar.”, alerta.