Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Coreia do Norte repete falhanço no lançamento de um míssil

  • 333

U.S. Navy/GETTY

A vizinha Coreia do Sul acredita o míssil em causa, com um alcance de mais de 3000 quilómetros, era idêntico ao que fora lançado sem sucesso há umas semanas. Regime de Pyongyang estará já a preparar um novo lançamento

Foi mais uma tentativa falhada. A Coreia do Norte experimentou lançar, esta quinta-feira, um novo míssil balístico de médio alcance, mas sem sucesso. De acordo com o Ministério da Defesa da Coreia do Sul, o projétil despenhou-se em poucos segundos logo após o seu lançamento.

O míssil foi lançado às 6h40 (22h40 de quarta-feira em Lisboa) próximo da costa leste da cidade portuária de Wonsan, situada no sul do mar do Japão.

O governo de Seul acredita que se tratava de um míssil Musudan – que tem um alcance de mais de 3000 quilómetros –, à semelhança do que fora lançado, também sem sucesso, há umas semanas pelo regime norte-coreano.

Especialistas dos EUA e da Coreia do Sul estão a analisar as causas da queda do míssil, refere a Al-Jazeera.

A agência de notícias sul-coreana Yonhap refere que Pyongyang deve estar já a preparar-se para efetuar um novo lançamento de um míssil Musudan. O país continua assim a desafiar o Conselho de Segurança das Nações Unidas, que impôs no início de março mais sanções económicas após os últimos testes nucleares e de mísseis realizados por Pyongyang.

O regime comunista norte-coreano aponta a vizinha Coreia do Sul, o Japão e os EUA como os seus principais inimigos. Seul tem alertado, pors eu turno, que a Coreia do Norte está apta para realizar um novo teste nuclear.