Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Caso Hillsborough. Chefe de polícia suspenso

  • 333

O chefe da Polícia de South Yorkshire foi afastado, depois de um inquérito ter concluído que aquela força policial foi responsável pela tragédia de 1989, onde morreram 96 adeptos do Liverpool

O chefe da Polícia de South Yorkshire, na Inglaterra, foi suspenso esta quarta-feira, depois de um inquérito ter concluído que aquela força policial foi responsável pela tragédia de 1989 no estádio Hillsborough, onde morreram 96 adeptos do Liverpool.

O comissário Alan Billings, oficial eleito e encarregado de policiar a região nordeste inglesa, afirmou ter suspendido David Crompton "baseado na erosão da confiança pública".

"Fiquei sem qualquer outra hipótese", disse o comissário.

Segundo Alan Billings, a sua decisão surgiu após "declarações e comentários na Câmara dos Comuns (Parlamento)", assim como por causa das "inúmeras solicitações de vários quadrantes da sociedade, pedindo a sua resignação".

De acordo com o inquérito, cujas conclusões foram conhecidas na terça-feira, 96 adeptos do Liverpool, que defrontava o Nothingham Forest, foram espezinhados devido a uma série de erros das forças de segurança no Estádio de Hillsborough, em Shefield.

Andy Burnham, da oposição trabalhista, que desde então acompanhou o caso, foi um dos que pediu a demissão de David Crompton em pleno Parlamento, afirmando que a polícia devia ter pedido desculpa durante o inquérito.