Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Casal luso-angolano assassinado em Luanda

  • 333

O casal seguia de carro com o filho quando foi interceptado por outra viatura. Os atacantes dispararam em andamento, tendo atingido o casal mortalmente. O Expresso soube que o pai chama-se Fernando Silva e mãe Elvira Mil-Homens Silva. O filho, Bruno, tem 30 anos, não sendo menor de idade como foi avançado por vários meios de comunicação

Helena Bento

Jornalista

Soraia Pires

Soraia Pires

Jornalista

Um casal luso-angolano foi assassinado na terça-feira em Luanda. A notícia foi avançada primeiramente pela SIC Notícias, que explica que o crime aconteceu na zona de Viana, na periferia da capital angolana, uma zona onde os assaltos são frequentes. O casal seguia de carro com o filho na via expressa Luanda-Viana, quando foi intercetado por outro carro em andamento.

O Expresso soube que o pai chama-se Fernando Silva e a mãe Elvira Mil-Homens Silva. Os dois nasceram em Angola. O filho, Bruno, tem 30 anos, não sendo menor de idade, como foi avançado por vários meios de comunicação.

O casal seguia de carro com o filho na via expressa Luanda-Viana, quando foi intercetado por outro carro em andamento. O filho sobreviveu, mas o casal acabou por ser mortalmente baleado, ainda com o carro em andamento. O homem morreu no local e a mulher num hospital para onde foi levada para ser socorrida.

A polícia está no encalço dos supostos homicidas, mas pelas características do crime supõe que seja um "acerto de contas", referiu uma fonte à Lusa, adiantando que os suspeitos “não roubaram nada” e que o caso está a ser investigado, não sendo possível avançar mais informações.

Aparentemente, tratava-se de um casal abastado de empresários luso-angolanos, que viviam num dos condomínios mais caros da grande Luanda.

A Embaixada de Portugal em Luanda confirmou à SIC Notícias o crime e a morte do casal, remetendo para mais tarde outros pormenores sobre a investigação.