Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Merkel: “Ainda não existe um cessar-fogo estável” no Leste da Ucrânia

  • 333

Michael Ukas - Pool / Getty Images

A chanceler alemã recordou este domingo que o cessar-fogo na Ucrânia não está a ser respeitado. Também Barack Obama, que foi à Alemanha para discutir o acordo UE-EUA, declarou que as sanções contra a Rússia só poderão terminar se Moscovo cumprir a sua parte dos acordos de Minsk

Angela Merkel afirmou este domingo que o cessar-fogo no Leste da Ucrânia não está a ser respeitado. “Continuamos a apoiar os acordos de Minsk e colocamos uma importância extrema na sua implementação, o mais rápido possível”, afirmou a chanceler alemã. “Ainda não existe um cessar-fogo estável e necessitamos de avançar no processo político e discutir em detalhe os próximos passos.”

Merkel esteve este domingo a discutir com o Presidente dos Estados Unidos (EUA) a implementação do acordos para a paz na Ucrânia, assinados em Minsk, cujo objetivo é terminar com o conflito que já provocou a morte a mais de 9 mil pessoas desde abril de 2014.

Também Barack Obama, que foi à Alemanha para discutir o acordo de comércio livre UE-EUA, recordou que as sanções contra a Rússia só poderão terminar se Moscovo cumprir a sua parte do acordo, que passa por respeitar o cessar-fogo acordado para o Leste ucraniano.

Apesar do cessar-fogo ter sido formalmente acordado, existem violações diárias a este no Leste da Ucrânia. O Ocidente e a Ucrânia apontam o dedo à Rússia por continuar a prolongar a guerra, com o objetivo de minar a estabilidade e desenvolvimento do país - só na última semana de março (que incluiu os primeiros dias de abril) o Ukraine Crisis Media Center divulgou que foram contabilizados 303 ataques realizados pelos separatistas pró-russos no Leste do país. Já a Rússia e os separatistas atiram as culpas às forças ucranianas.