Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Obama elogia “atitude corajosa” de Merkel na crise dos refugiados

  • 333

ALAIN JOCARD/AFP/GETTY

Presidente norte-americano considera que o acordo entre a União Europeia e a Turquia é um passo para uma “repartição mais justa” da responsabilidade na crise dos refugiados

O Presidente dos EUA, Barack Obama, saudou a "atitude corajosa" da chanceler alemã, Angela Merkel, e dos alemães na crise dos refugiados, em entrevista que sairá hoje no diário "Bild".

"Considero que a atitude da chanceler Merkel, como a de numerosos alemães, foi corajosa na crise dos refugiados", declarou Obama, estimando que ela soube fazer prova de "uma verdadeira liderança moral e política".

Nas declarações ao jornal alemão, Obama disse também que "a Alemanha não deve suportar sozinha - ou com alguns outros raros Estados - todo o peso (da crise), considerando que "o recente acordo entre a União Europeia e a Turquia era um passo para uma repartição mais justa da responsabilidade".

Obama vai deslocar-se no domingo ao salão da indústria de Hanôver e deve participar na segunda-feira numa "reunião informal" com a chanceler, o Presidente francês, François Hollande, bem como os primeiros-ministros britânico, David Cameron, e italiano, Matteo Renzi, para analisar os "grandes temas internacionais".

O Presidente norte-americano disse ainda que com Merkel "o envolvimento" da Alemanha na cena internacional aumentou e que o país tem agora aí "um papel mais importante".

Saudou como "decisiva" a participação alemã nas negociações sobre o nuclear iraniano ou o acordo de Paris sobre o clima.
Acrescentou ainda que Merkel soube contribuir para "preservar a unidade europeia por ocasião das agressões russas contra a Ucrânia".

De forma geral, Obama mostrou-se elogioso de Merkel, qualificando-a de "guardiã da Europa".

Descreveu-a como "pragmática e concentrada no que é verdadeiramente possível de fazer".

Obama sublinhou que Merkel "quando diz alguma coisa, pensou-a" e que "quando diz que vai fazer uma coisa, ela fá-lo" e confessou que está "orgulhoso por Angela ser (sua) amiga".