Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Media gregos prolongam greve

  • 333

Os órgãos de comunicação gregos acordaram estender até quarta-feira a greve de 48 horas iniciada na quinta-feira contra a reforma fiscal e de pensões, numa altura em que o Governo e os credores negoceiam o programa de resgate.

Numa reunião realizada na noite de sexta-feira, depois de ter sido apresentado no parlamento um projeto de lei que altera as reformas, o sindicato dos jornalistas gregos Poesy (sigla em grego) acordou que a greve é retomada este domingo às 06:00 horas local (03:00 GMT) e até à mesma hora de quarta-feira.

A greve na imprensa escrita (em papel e 'online') e agências de notícias começou às 06:00 (04:00 em Lisboa) e estava prevista terminar à mesma hora de sexta-feira, enquanto a das televisões, públicas e privadas, que começou às 06:00 de sexta-feira, deveria terminar no domingo à mesma hora.

Para a próxima quarta-feira está marcada uma nova reunião do sindicato, que apelou aos jornalistas para não participarem nas conferências de imprensa do Governo e para boicotarem todas as declarações ministeriais relativas à reforma das pensões.