Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Itália está a tentar controlar mancha de óleo na costa da Riviera

  • 333

A mancha, com 500 metros de diâmetro, estava a mover-se lentamente para Oeste, aumentando o receio de que poderá poluir praias, que são destino de férias, num trecho do litoral que faz fronteira com a França. “A situação é delicada, mas está sob controlo”

As autoridades italianas anunciaram este sábado estar a monitorizar uma mancha de óleo que surgiu a cerca de dois quilómetros ao largo da costa da Riviera, mas garantiram que o risco de um novo derrame no Mediterrâneo está sob controlo.

A mancha, com 500 metros de diâmetro, estava a mover-se lentamente para Oeste, aumentando o receio de que poderá poluir praias, que são destino de férias, num trecho do litoral que faz fronteira com a França.

O óleo deverá ter surgido devido a uma fenda num oleoduto de uma refinaria de Bussala, nos subúrbios de Génova, detetada no domingo passado.O proprietário da refinaria, Iplom, disse na altura que o despejo no rio Polcevera tinha sido contido em poucas horas. Uma das barreiras erguidas no rio cedeu hoje de manhã, após as fortes chuvadas da noite, aumentando o receio de que toneladas de crude pudessem chegar ao mar.

Depois de ter declarado o estado de emergência local, a autoridade marítima do porto de Génova e o Governo disseram que as barreiras colocadas na boca do rio tinham cumprido a sua função. “A situação é delicada, mas está sob controlo”, afirmou Graziano Delrio, ministro dos Transportes e Infraestruturas.