Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Nos planos do Daesh: ataques químicos e nucleares, bombas em praias da Europa

  • 333

As revelações foram feitas por ocasião de uma conferência internacional sobre segurança em Londres

Luís M. Faria

Jornalista

O Daesh, ou Estado Islâmico, está a planear um ataque com armas nucleares. O alerta foi feito por Jamie Shea, subsecretário geral adjunto da divisão de riscos emergentes da NATO (sigla inglesa para Organização do Tratado Atlântico Norte), numa conferência em Londres. O Daesh estará igualmente interessado em armas químicas e biológicas. “Sabemos que os terroristas estão a tentar obter essas substâncias”, disse Shea na Security and Counter Terror Expo.

Jorge Berto, chefe adjunto de contraterrorismo na Comissão Europeia, também considerou justificada essa preocupação. A possibilidade de os terroristas terem obtido um arsenal de mísseis terra-ar reforça-a. E há outras perspetivas que assustam os especialistas em segurança. Por exemplo, ataques em praias do sul da Europa - Itália, França, Espanha - que seriam praticados por bombistas suicidas ou através de explosivos colocados em espreguiçadeiras.

“Podia ser uma nova dimensão do terror”, disse uma fonte dos serviços secretos alemães, citada pelo diário “Bild”. “É complicado proteger as praias.” O Daesh estará ainda a estudar o desenvolvimento de bombas implantadas em corpos e o controlo à distância de carros sem condutor.