Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Zâmbia: duas pessoas queimadas vivas em sequência de rumores contra ruandeses

  • 333

Mais de 250 pessoas foram detidas após pelo menos duas pessoas terem sido queimadas vivas e mais de 60 lojas de ruandeses terem sido atacadas

Pelo menos duas pessoas foram queimadas vivas na Zâmbia, em sequência de uma vaga de ataques xenófobos contra ruandeses motivados pelos rumores de que cidadãos deste país estariam por trás de assassínios e desmembramento de corpos, supostamente utilizados num ritual para assegurar sucesso nos negócios.

Apesar do contexto em que ocorreu o incidente, não foi especificada a nacionalidade das pessoas que foram mortas.

As autoridades da Zâmbia desmentiram os rumores e estão a apelar à população para não acreditar nas informações não confirmadas oficialmente e que circulam nomeadamente nas redes sociais.

Até agora, mais de 60 lojas de ruandeses foram atacadas e mais de 250 pessoas foram detidas no âmbito dos tumultos.

Milhares de refugiados ruandeses vivem na Zâmbia, onde encontraram refúgio após o genocídio de 1994 no seu país.