Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Papa já chegou a Lesbos para reafirmar mensagem de acolhimento e solidariedade

  • 333

O Papa Francisco é recebido em Lesbos pelo primeiro-ministro grego Alexis Tsipras

YANNIS KOLESIDIS/EPA

O líder da Igreja Católica, que vai estar algumas horas com milhares de refugiados impedidos de abandonar a Grécia, afirmou que esta é uma viagem “marcada pela tristeza”

O papa Francisco chegou hoje à ilha grega de Lesbos, porta de entrada dos migrantes na Europa, para reafirmar uma mensagem de acolhimento e de solidariedade, segundo a Agência France-Presse (APF).

O avião do papa argentino aterrou às 10:04 locais (8:04 em Lisboa), 15 minutos antes do programado, no aeroporto de Mytilène, onde era esperado pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.

“É uma viagem um pouco diferente das outras. Uma viagem marcada pela tristeza, uma viagem triste”, afirmou o papa durante o voo aos jornalistas.

“Vamos testemunhar o pior desastre humanitário desde a Segunda Guerra Mundial. Vamos ver tantas pessoas que estão a sofrer, que estão a fugir e não sabem para onde”, afirmou.

“Também vamos a um cemitério, o mar. Tantas pessoas que nunca chegaram”, afirmou ainda o papa Francisco.

O papa vai fazer uma visita de cinco horas à ilha, durante as quais vai estar com os refugiados, acompanhado pelo patriarca ortodoxo Bartolomeu, pelo chefe da Igreja Grega, arcebispo Jerónimo, e por Alexis Tsipras.