Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Sismo violento em zona nuclear faz 2 mortos no Japão, 19 casas desabam

  • 333

KYODO/REUTERS

Forte tremor de terra abalou uma zona do sudoeste do Japão onde se localizam várias centrais nucleares

Pelo menos duas pessoas morreram em sequência de um forte sismo que abalou esta quinta-feira o sudoeste do Japão, na prefeitura de Kumamoto, onde se localizam várias centrais nucleares.

Uma das mortes deveu-se a um desabamento e a outra a um fogo. O número de vítimas poderá contudo ser superior. Dezanove casas desabaram e diversas pessoas podem estar encurraladas. Ambas as mortes ocorreram em Mashiki, Kumamoto.

O hospital da Cruz Vermelha em Kumamoto recebeu 45 pessoas feridas, cinco das quais em estado grave.

O tremor de terra, com magnitude 6,4 na escala de richter, ocorreu a dez quilómetros de profundidade às 21h26 locais (13h26 em Portugal continental), com epicentro na ilha de Kyushu. Seguiram-se várias réplicas e ocorreram diversos fogos na cidade de Mashiki.

As autoridades japonesas indicaram não haver risco da ocorrência de tsunamis e que não se registaram quaisquer incidentes nas centrais nucleares.

A 11 de março de 2011, um sismo de magnitude 8,9 provocou níveis de destruição catastróficos no Japão, incluindo um acidente nuclear na central de Fukushima.