Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detido em Málaga suspeito de fornecer armas para atentado em França

  • 333

Antoine Denive foi detido terça-feira nesta casa em Málaga

JORGE ZAPATA/EPA

O francês Antoine Denive terá supostamente fornecido as armas usadas por Amedy Coulibaly nos ataques que causaram a morte de uma polícia e de quatro clientes e funcionários de um supermercado judaico em Paris, nos dois dias seguintes aos atentados contra a redação do “Charlie Hebdo”

Uma operação conjunta entre a polícia espanhola e investigadores franceses, levada a cabo esta terça-feira em Rincón de la Victoria, Málaga, resultou na detenção de Antoine Denive, foi anunciado esta quarta-feira.

O francês de 27 anos tinha um mandado de captura e detenção por suspeita de fornecimento das armas usadas por Amedy Coulibaly nos ataques que causaram cinco mortos em Paris, dois dias depois do atentado contra a redação do “Charlie Hebdo”, em janeiro de 2015.

Amedy Coulibaly foi abatido após ter morto uma polícia em Montrouge e quatro clientes e funcionários de um supermercado judaico.

Suspeito de ser responsável pela rede de tráfico de armas que forneceu Coulibaly, Antoine Denive terá fugido de França semanas depois dos atentados e encontrado refúgio em Espanha onde continuaria a desenvolver atividades ilícitas sob identidade falsa. Após ter sido capturado na casa onde vivia perto de Málaga, foi presente esta quarta-feira a um juiz, tendo negado as acusações de que é alvo.

O ministro do Interior espanhol disse que na operação policial à casa onde Coulibaly vivia foram também detidas outras duas pessoas, de nacionalidade sérvia e montenegrina.

Os investigadores franceses suspeitam que o cidadão francês, da região de Pas de Calais, tem ligações a sérvios que lhe podem ter fornecido as armas e munições.