Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Abrace um britânico” para convencer o Reino Unido a ficar na UE

  • 333

Dan Kitwood

Alemã a viver em Londres lança “bomba de amor” no Twitter, num movimento europeu anti-Brexit que está a espalhar-se pelas redes sociais

Uma mulher alemã a viver em Londres lançou uma campanha de abraços para convencer os britânicos a ficarem na União Europeia, a pouco mais de dois meses do referendo à permanência do Reino Unido no bloco, marcado para 23 de junho.

A campanha “Abrace m britânico” foi iniciada por Katrin Lock nas redes sociais, pedindo aos habitantes dos restantes estados-membros da UE que demonstrem o seu amor pelos britânicos numa tentativa de os convencer a votar contra a chamada Brexit.

Na recém-criada conta de Twitter @pleasedontgouk (“por favor não vás Reino Unido”, numa tradução livre), Lock explicou: “Somos cidadãos da UE que queremos que o povo britânico fique na União Europeia. Esta é a nossa bomba de amor.” Noutra mensagem escreveu: “Amamo-vos! Vocês são parte da Europa. Por favor não saiam. Por favor não vás embora, Reino Unido!”

Abraçando a campanha, cidadãos de vários estados-membros da UE estão a publicar nas redes sociais fotografias suas a abraçarem amigos britânicos com as hashtags #hugabrit e #pleasedontgouk. A campanha está particularmente virada para os britânicos que ainda não decidiram como vão votar no referendo convocado por David Cameron para junho.

Uma das mensagens mais populares até agora foi um tweet da alemã Christine Ullman, que também vive em Londres, com uma fotografia do abraço ao seu “ídolo da juventude” Jarvis Cocker, vocalista da banda Pulp.

Num outro tweet, uma utilizadora publicou uma fotografia de si própria a abraçar uma estátua da escritora Virginia Woolf.