Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Guterres diz que o futuro será das sociedades multiétnicas

  • 333

Getty

A aposta na inclusividade será essencial para afastar os radicalismos, segundo defendeu o candidato a secretário-geral da ONU

“Não há forma das sociedades europeias puderem sobreviver sem migração”, defendeu António Guterres, nas últimas respostas que deu esta terça-feira no âmbito da sua candidatura ao cargo de secretário-geral da ONU.

O candidato referiu o exemplo de Portugal como um dos países que precisam de migrantes devido aos baixos indicies de natalidade.

“Todas as nossas sociedades estão a tornar-se multiétnicas, e isso é algo positivo”, afirmou, referindo que “precisamos de investir na inclusividade das nossas sociedades” para afastar os radicalismos.

“Islamofobia e anti-semitismo são coisas das quais nos temos de nos livrar nas nossas sociedades”, acrescentou, dando a título de mau exemplo do passado a expulsão dos judeus ocorrida em Portugal no século XV.