Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mais de 240 portugueses nas offshores do Panamá

  • 333

EXPRESSO SEMANÁRIO Os ficheiros da Mossack Fonseca mostram como os paraísos fiscais fazem ou fizeram parte da vida de muitos portugueses.

A investigação “Panama Papers” já permitiu identificar mais de 240 cidadãos portugueses ou com residência em Portugal envolvidos em sociedades offshore criadas pela empresa Mossack Fonseca. Os dados a que o Expresso teve acesso, como parceiro do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, revelam diversos tipos de ligação dos portugueses às offshores criadas a partir do Panamá, desde a propriedade efetiva das empresas ao seu controlo indireto, passando pela mera intermediação de negócios.

Artigo publicado na edição do Expresso semanário. Para continuar a ler o artigo, clique AQUI.