Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Separados pela II Guerra Mundial, vão casar-se 70 anos depois

  • 333

Conheceram-se na escola e apaixonaram-se, mas entretanto a II Guerra Mundial meteu-se pelo meio e acabariam por seguir caminhos diferentes. Até ao reencontro, mais de 70 anos depois

É uma singular história de amor que está a ser relatada esta segunda-feira pelos media britânicos. O noivado foi celebrado na festa do 90.º aniversário de Roy Vickerman, um veterano britânico que participou nas sangrentas batalhas do Dia D. A noiva tem quase a mesma idade, 89 anos.

Roy e Nora Nicholls conheceram-se em jovens, foram colegas de escola e apaixonaram-se. Só que, entretanto, ele foi chamado para combater na II Guerra Mundial, onde acabaria por ser atingido por um tiro de um sniper. Regressou afetado pelo stresse pós-traumático, vindo a colocar um fim na relação. “Eu queria estar sozinho, não conseguia lidar com aquilo”, recorda Roy, agora.

Ambos acabariam por seguir com as suas vidas, casaram-se com outras pessoas e tiveram filhos. Mas a paixão terá permanecido sempre na mente de Roy, que no ano passado, mais de 70 anos depois, descobriu a morada de Norah, encheu-se de coragem e foi até à sua casa para lhe pedir desculpa.

Consta que deixou o táxi à espera, inseguro relativamente a qual seria a reação dela. Ao ouvi-lo, Nora lançou-se contudo nos seus braços, beijando-o. “Eu pensei que nunca o voltaria a ver (…). Foi um grande choque vê-lo, por ter passado tanto tempo, mas foi maravilhoso. Foi tal como nos velhos tempos”, refere a noiva.