Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Acidente em França: prisão preventiva para condutor e proprietário

  • 333

Getty

O condutor, de 19 anos, e o dono da carrinha, de 35 , enfrentam 12 acusações de danos corporais involuntários agravados e homicídio involuntário

O juiz do tribunal de primeira instância de Moulins, em França, já se pronunciou: o dono e o condutor da carrinha, respetivamente tio e sobrinho, que chocou contra um camião na noite de quinta para sexta-feira santa na estrada nacional 79, perto de Lyon, vão ficar em prisão preventiva. A notícia está a ser avançada pelo jornal “La Montagne”.

O acidente provocou a morte a 12 emigrantes portugueses na Suíça, que se deslocavam a Portugal para aproveitar a Páscoa numa carrinha com capacidade para apenas seis passageiros.

A defesa dos dois homens estava na expetativa que estes pudessem aguardar o julgamento em liberdade, ao apresentar uma garantia de que os dois iriam ter um contrato de trabalho em França (e, por isso, morada oficial). Contactada pela TVI, uma fonte ligada à defesa garante que a medida de coação poderá ser revista a qualquer momento, recordando que o condutor e o proprietário da carrinha irão ter um contrato de trabalho brevemente.

Segundo a AFP, a carrinha onde seguiam os portugueses desviou-se para a faixa contrária, colidindo de frente com o camião. O condutor, de 19 anos, e o dono da carrinha, de 35 anos, enfrentam 12 acusações de danos corporais involuntários agravados e homicídio involuntário. O primeiro arrisca uma pena de dez anos de prisão e o seu tio, o proprietário do veículo, poderá levar cinco anos.