Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mónica Almeida: “Eu e o Luaty pensamos de forma diferente sobre o presidente de Angola”

  • 333

Mónica Almeida, mulher do luso-angolano Luaty Beirão, gravou um depoimento vídeo para o Expresso a propósito da condenação do marido a cinco anos e sete meses de prisão. A justiça angolana atribuiu penas de prisão efetivas a Luaty Beirão e mais 16 ativistas. Neste vídeo, diz que já teve fortes discussões com o marido a propósito de José Eduardo dos Santos (“eu cresci diabolizando a oposição, o Savimbi”) e diz que o presidente angolano está mal rodeado na governação do país. Leia a entrevista completa na edição deste sábado do Expresso

  • Mónica Almeida, mulher de Luaty: “Que haja bom senso deste regime maquiavélico”

    Mónica Almeida, mulher do luso-angolano Luaty Beirão, gravou um depoimento vídeo para o Expresso a propósito da condenação do marido a cinco anos e sete meses de prisão. A justiça angolana atribuiu penas de prisão efetivas a Luaty Beirão e mais 16 ativistas. Mónica Almeida diz que ainda tem esperança - mas “começa a morrer” - que “surja algum bom senso” no regime angolano. “Não abalam o Luaty, a mim abalam-me. Que mais posso perder?”

  • “A minha carta de Amor ao Herói da minha vida!”

    Quando Luaty Beirão ainda estava em greve de fome, a sua mulher Mónica Almeida escreveu-lhe uma carta e partilhou-a em exclusivo com o Expresso. No dia em 17 ativistas angolanos foram condenados a penas de prisão efetiva até oit anos, incluindo Luaty Beirão, o Expresso republica livremente a carta de Mónica

  • Catarina Martins lança indiretas ao PCP por causa de Angola

    A mensagem foi publicada no Twitter após os deputados comunistas terem votado conjuntamente com o PSD e o CDS-PP contra uma tomada de posição de Portugal relativamente à condenação de 17 ativistas angolanos sentenciados a penas de prisão efetiva