Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Diretor de campanha de Trump detido por maus-tratos a repórter

  • 333

A jornalista encontrava-se a fazer uma pergunta ao candidato republicano quando foi agarrada pelo braço e puxada para trás, conforme mostra um vídeo captado por uma câmara de vigilância

O diretor de campanha de Donald Trump foi esta terça-feira detido pela polícia em Jupiter, Florida, e intimado a comparecer perante um juiz a 4 de maio, devido à acusação de maus-tratos a uma repórter.

Corey Lewandowski é acusado de ter agarrado intencionalmente e causado hematomas no braço de Michelle Fields, jornalista que na altura trabalhava para a Breitbart News, a 8 de março, durante um evento de campanha.

A acusação recorre a um vídeo de uma câmara de segurança que mostra a jornalista a ser agarrada e puxada para trás quando estava a começar a falar com Trump.

A repórter mostrou depois o seu antebraço à polícia, que indicou que “parecia ter uma lesão por ter sido agarrado”, referiu um responsável pela investigação.

Trump já efetuou uma declaração em defesa do seu diretor de campanha, afirmando que o “senhor Lewandowski está totalmente inocente”, acrescentando que ele irá declarar-se “não culpado e anseia pelo dia em que estará em tribunal. Ele está totalmente confiante de que será ilibado”.