Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detido homem que desviou avião para “contactar a ex-mulher”

  • 333

O avião foi desviado na manhã desta terça-feira

KHALED DESOUKI/ Getty Images

Voo da EgyptAir foi desviado na manhã desta terça-feira por um homem egípcio que alegou “motivos pessoais”. O pirata do ar disse transportar consigo um cinto de explosivos

Acabou o sequestro do voo doméstico da EgyptAir que foi desviado na manhã desta terça-feira por um homem que disse ter consigo um cinto de explosivos. O homem já foi detido, segundo informações avançadas pelo ministério dos Negócios Estrangeiros de Chipre no seu Twitter. Não há feridos a registar.

O voo partiu ao início da manhã de Alexandria e deveria ter chegado à capital egípcia, Cairo, depois de uma curta viagem. No entanto, o homem sequestrou o voo e forçou o seu desvio para o aeroporto de Larnaca, em Chipre, por "motivos pessoais". Depois da aterragem, os passageiros foram libertados rapidamente.

Segundo informações confirmadas pela CNN, o homem, que começou por ser identificado como o cidadão de dupla nacionalidade americana e egípcia Ibrahim Samaha, é afinal um egípcio chamado Seif El Din Mustafa. Terá desviado o voo 181 para tentar "contactar a ex-mulher", confirmam fontes oficiais cipriotas.

Durante o sequestro, o homem garantiu transportar um cinto de explosivos, informação até agora não confirmada pelas autoridades de Chipre. Depois da aterragem forçada no aeroporto de Larnaca, os voos que iriam aterrar ali começaram a ser desviados para o aeroporto internacional de Paphos, mais a sul da ilha.

Segundo o ministro da Aviação Civil do Egito, Sherif Fathy Atteya, o avião transportava pelo menos 81 pessoas a bordo. Todas elas já foram libertadas em segurança.

  • Homem desvia airbus da EgyptAir para Chipre “por motivos pessoais”

    Airbus A320 aterrou ao início da manhã no aeroporto cipriota de Larnaca como exigido pelo pirata do ar. TV estatal cipriota tinha identificado suspeito como sendo Ibrahim Samaha, um cidadão egípcio que afinal é um dos passageiros que já foi libertado. Informações iniciais davam conta de que homem desviou o avião para exigir asilo em Chipre, mas afinal estará a "tentar contactar a ex-mulher" que vive na ilha