Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Francês detido em Roterdão por preparar novo ataque a França

  • 333

Reda Kriket foi detido em Argenteuil, subúrbio de Paris, a 24 de março

PATRIK STOLLARZ

Homem de 32 anos, cuja identidade ainda não é conhecida, foi detido pelas autoridades holandesas a pedido de Paris por ligações a Reda Kriket

A polícia holandesa deteve um cidadão francês de 32 anos no domingo à noite por alegadas ligações a Reda Kriket, o homem acusado de estar a planear um novo ataque terrorista em França que foi preso na passada quinta-feira em Argenteuil, nos arredores de Paris. Segundo fontes próximas da investigação à AFP, o homem tinha, com Kriket, sido mandatado pelo autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) para levar a cabo um novo atentado em França.

O homem, cuja identidade não foi revelada, foi detido na cidade de Roterdão a pedido do Ministério da Justiça de França, disseram as autoridades holandesas. Não é para já claro se o suspeito estava na Holanda, com a polícia dos Países Baixos a dizer apenas que espera entregá-lo a França "em breve".

Em comunicado, o ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, congratulou as autoridades francesas e holandesas pelas detenções que "evitaram um novo ataque no nosso solo". De acordo com o governante, a detenção de Kriket deu-se quando este estava já numa "fase avançada" do plano para levar a cabo um novo atentado no país.

A par dele, foram detidos na sexta-feira nove suspeitos de envolvimento nos atentados de novembro em Paris e nos ataques terroristas da terça-feira passada em Bruxelas, numa série de operações policiais levadas a cabo na capital belga e em cidades do norte da Flandres. Quatro dos suspeitos ficaram detidos.