Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detido suspeito de manter jovem em cativeiro durante dois anos

  • 333

A adolescente japonesa foi vista pela última vez em março de 2014, tinha apenas 13 anos. Kabu Terauchi, o alegado raptor, de 23 anos, manteve-a em cativeiro no seu apartamento, em Chiba, a cerca de 40 km de Tóquio, tendo-se mudado recentemente para a capital

Helena Bento

Jornalista

As autoridades japoneses capturaram na madrugada desta segunda-feira o jovem de 23 anos suspeito de ter mantido em cativeiro durante dois anos uma adolescente no seu apartamento, em Chiba, a cerca de 40 km de Tóquio.

No domingo, aproveitando uma saída do raptor, identificado como Kabu Terauchi, a adolescente de nacionalidade japonesa dirigiu-se a um telefone público e ligou para sua casa, localizada em Saitama, perto de capital do país, tendo sido a própria mãe a atender a chamada e a contactar de seguida a polícia.

Às autoridades, a jovem, cuja identidade não foi revelada por ser menor, explicou que conseguiu escapar porque Kabu Terauchi se esquecera de trancar a porta de casa quando saiu para ir às compras.

A adolescente tinha 13 anos quando desapareceu. Foi vista pela última vez a 10 de março de 2014. O suspeito tê-la-á esperado à porta da escola, fazendo-se passar pelo advogado que estava a tratar do processo de divórcio dos seus pais. Posteriormente, foi encontrada uma nota na caixa de correio de sua casa na qual a jovem pedia aos pais para que não a procurassem.

Segundo as autoridades, raptor mudara-se recentemente para um apartamento no centro de Tóquio, levando a adolescente consigo. Foi detido esta segunda-feira perto de uma floresta na zona oeste de Tóquio, segundo o britânico “The Guardian”. A televisão pública japonesa NHK afirma que ele foi visto na cidade de Ito, a cerca de 130 quilómetros da capital, vagueando pelas ruas ensanguentado, com uma faca na mão. Presume-se que se tenha tentado suicidar.