Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Novo balanço dos atentados aponta para 28 vítimas e 340 feridos

  • 333

FREDERIC SIERAKOWSKI / POOL / EPA

O balanço feito inicialmente de 31 vítimas incluía os três bombistas suicidas responsáveis pelas explosões no aeroporto e na estação de metro. As autoridades belgas avançam ainda que há 340 feridos, dos quais 101 ainda estão hospitalizados. Das 28 vítimas, 24 já foram identificadas

Um novo balanço feito pelas autoridades belgas apontam para 28 vítimas em resultado dos atentados de terça-feira em Bruxelas. O balanço de 31 vítimas, feito anteriormente, englobava os três bombistas suicidas responsáveis pelas explosões no aeroporto e no metro.

“Há 28 vítimas e três kamikazes cuja a morte está confirmada”, afirmou o porta-voz do centro de crise belga, Benoît Ramacker, citado pelo jornal “Le Soir”.

O facto de inicialmente ter sido avançado um balanço de 31 mortos deveu-se à impossibilidade de identificação dos corpos dos três bombistas suicidas (dois no aeroporto e um no metro), segundo foi explicado.

Entre as 28 vítimas, 24 puderam ser identificadas. As explosões no aeroporto de Zaventem, em Bruxelas, provocaram 14 mortos, enquanto a explosão na estação de metro de Maelbeek fez 10 mortos, de acordo com a informação avançada este domingo.

13 belgas, 11 estrangeiros

Das 24 vítimas que até agora foram identicadas, 13 são belgas e 11 são estrangeiros, de oito nacionalidades diferentes.

Há também 340 feridos, de 19 nacionalidades para além dos belgas, dos quais 101 ainda se encontravam hospitalizados no sábado. Entre esses, 62 encontravam-se nos cuidados intensivos e 32 numa unidade de queimados.

“O balanço é ainda provisório, infelizmente, porque há um grande número de feridos nos cuidados intensivos”, acrescentou o porta-voz, citado pelo “Le Soir”.