Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Encontrado o testamento de um dos terroristas envolvidos nos ataques de Bruxelas

  • 333

Na conferência de imprensa onde fez o ponto da situação em relação às investigações em curso, o procurador federal da Bélgica disse que o testamento de Brahim El Bakraoui estava num computador, dentro de um caixote do lixo

A polícia belga descobriu 15 quilos de explosivos na vivenda de Shaerbeek que foi investigada na terça-feira após os atentados de Bruxelas. Nos arredores do apartamento foi também encontrado num caixote do lixo um computador com o testamento de Brahim El Bakraoui, um dos bombistas-suicidas envolvido nos ataques.

No documento, “ele explica estar a agir precipitadamente, sem saber o que fazer, por ser procurado por todos e correr o risco de acabar a sua vida na prisão”, explicou o procurador federal, Frédéric Van Leeuw.

Na conferência de imprensa dada no final desta quarta-feira de manhã, Van Leeuw confirmou que os agentes detiveram para interrogatório uma pessoa que se encontrava no interior do apartamento, cuja morada foi obtida através do taxista que transportou os terroristas.

Brahim El Bakraoui, o autor do testamento, foi o terrorista que se fez explodir no aeroporto. O irmão, Jalid, fez o mesmo, mas na estação de metro de Maalbeek. Segundo o procurador federal, um terceiro atacante abandonou um cinto com explosivos no terminal de partidas antes de fugir. E haverá um quarto envolvido.