Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Governo de Macri apoia Dilma

  • 333

A MNE argentina Susana Malcorra reforça o apoio a Dilma Roussef em vésperas da chegada de Barack Obama a Buenos Aires

DAVID MERCADO / REUTERS

Na véspera de receber Barack Obama, a ministra dos negócios estrangeiros argentina afirma que uma eventual mudança no Brasil não pode ser feita à margem das instituições democráticas.

Susana Malcorra disse nesta segunda-feira que o Governo argentino apoia Dilma Rousseff. As declarações da chanceler foram feitas numa entrevista, onde fez saber que a situação política e económica de um aliado como o Brasil preocupa muito os vizinhos argentinos.

A chanceler recordou as declarações feitas por Mauricio Macri no último fim de semana, em que o presidente argentino afirmava o seu apoio à homóloga brasileira, por ter sido eleita democraticamente. Susana Malcorra deixou claro que "não pode haver uma forma de mudança que não seja feita através das instituições democráticas."

De acordo com a ministra, a Argentina tem estado em contacto com os outros países do Mercosul – Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela – para encontrar uma solução para a crise brasileira. Segundo a chanceler, os problemas no país vizinho têm um forte impacto na economia argentina, uma vez que 40% do comércio internacional do país depende do Brasil.

Em vésperas da visita de Barack Obama a Buenos Aires, para discutir a relação entre Estados Unidos e Argentina, Susana Malcorra espera evitar uma desestabilização no seio dos países do Mercosul.