Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Jacarta espera grande protesto contra a Uber esta terça-feira

  • 333

GETTY

Cerca de 10 mil taxistas são esperados no protesto

Um protesto contra a Uber e a Grab (outro serviço de transporte, requisitado por smartphone, alternativo aos tradicionais táxis, que existe em seis países asiáticos) irá ter lugar na terça-feira em Jacarta esperando-se a participação de cerca de 10 mil taxistas, cinco vezes mais dos que afluíram na semana passada ao centro da cidade para manifestarem as suas preocupações pelo mesmo motivo.

O pedido de autorização deste novo protesto foi solicitado pela Associação de Motoristas de Transportes Terrestres. Inicialmente esteve previsto para segunda-feira, mas foi adiado para o dia seguinte de modo a dar tempo aos participantes de estarem às 9h em frente ao complexo do Parlamento no sul de Jacarta.

Os representantes da associação têm altas expectativas relativamente a uma reunião com o ministro dos Transportes, Ignasius Jonan. No dia seguinte ao protesto da semana passada, o governante disse que irá indicar que as aplicações do Uber e Grab venham a ser simplesmente banidas na Indonésia.

Em setembro do ano passado, indicou que os veículos privados que efetuam este tipo de transporte têm de estar registados como veículos públicos de transportes, medida claramente destinada a deixar a Uber e a Grab à margem da lei.

A atividade de ambas ainda não foi contudo ilegalizada no país e os taxistas pretendem que tal venham a acontecer.