Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Zika. Notificado primeiro caso de microcefalia em Cabo Verde

  • 333

ALVIN BAEZ/REUTERS

Segundo a ministra da Saúde, a associação da malformação neurológica ao vírus não está confirmada, mas o caso do recém-nascido está a ser investigado, de acordo com os procedimentos estipulados pela Organização Mundial de Saúde

Cabo Verde anunciou na terça-feira o primeiro caso de microcefalia com provável ligação ao vírus zika, o que - a confirmar-se - será o primeiro registo a acontecer em África.

“Foi notificado o nascimento de uma criança com evidências de microcefalia na cidade da Praia. Não temos ainda a confirmação de se tratar de microcefalia associada ao zika, mas é uma situação que tratamos como provável”, disse a ministra da Saúde, acrescentando que o caso será investigado, tal como define a Organização Mundial de Saúde.

De acordo com o governo de Cabo Verde, mais de sete mil casos de zika foram registados no país desde o início da epidemia em outubro de 2015, com as intensas chuvas do verão passado a contribuirem para o aumento do número dos mosquitos transmissores.

  • OMS estuda propagação do zika à Colômbia

    A Organização Mundial de Saúde prepara-se para elevar o nível de situação de emergência do vírus zika. Já há um caso de microcefalia na Colômbia e especialistas avisam que outros estão para chegar

  • Nem tudo o que se diz sobre o zika é verdade

    As vacinas são as verdadeiras culpadas pelo aumento de casos de microcefalia? Errado. Os mosquitos geneticamente modificados andam a espalhar o vírus? Ainda mais errado. A Organização Mundial da Saúde tira todas as dúvidas sobre a mais recente emergência de saúde global