Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Atentado numa mesquita na Nigéria causa 22 mortos

DR

Duas bombistas suicidas atacaram uma mesquita em Maiduguri, na região Nordeste do país. As autoridades nigerianas confirmam 22 mortos e pelo menos 17 feridos, num ataque que se suspeita ser da autoria do Boko Haram

Um atentado na cidade de Maiduguri, na Nigéria, causou esta quarta-feira 22 mortos numa mesquita local, confirmam as autoridades do país. Outros 17 feridos, pelo menos, foram já transportados para o hospital.

O ataque foi causado por duas bombistas suicidas. A primeira mulher atacou dentro da mesquita, enquanto a segunda esperou no exterior do edíficio pelos sobreviventes que fugiam, para então se fazer explodir.

Um dos sobreviventes, Umar Usman, revela que apenas escapou porque chegou atrasado. “Estava a apenas alguns metros da mesquita quando se deu uma grande explosão. Tudo o que consegui ver foi fumo negro e corpos espalhados”, avança à Associated Press.

As suspeitas da autoria do atentado recaem sobre o Boko Haram, o grupo extremista islâmico que desde 2002 se encontra na região. A mesquita está situada em Umarari, o reduto do Boko Haram nos arredores de Maiduguri, a principal frente de combate dos rebeldes contra os militares nigerianos.

Este é o primeiro ataque na região desde dezembro, quando um ataque do Boko Haram usou a mesma tática suicida para matar cerca de 50 pessoas. Nos últimos meses, vários bombistas têm explodido nas estradas para a cidade, bloqueadas pelo exército da Nigéria e grupos de vigilantes.