Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump cancela comício em Chicago devido a confrontos

  • 333

TASOS KATOPODIS/ Getty Images

Cenas caóticas, com manifestantes em confrontos com os apoiantes de Donald Trump, e a polícia a tentar manter a ordem, descrevem as agências internacionais

O aspirante a candidato presidencial nos Estados Unidos pelo Partido Republicano Donald Trump cancelou hoje um comício em Chicago, na sequência de confrontos entre apoiantes e opositores, quando estavam concentradas centenas de pessoas.
O comício foi cancelado depois que as principais estações de televisão do país mostraram imagens de confrontos violentos entre manifestantes.

Trump tinha previsto falar a partir das 18h locais de sexta-feira (00h de sábado em Lisboa) num pavilhão desportivo na Universidade de Ilinóis, onde se concentraram centenas de manifestantes.

Em comunicado, a campanha do magnata nova-iorquino anunciou que "por razões de segurança dos milhares de pessoas que se reuniram dentro e fora do pavilhão, o comício desta noite vai ser adiado para nova data".

O magnata disse que decidiu cancelar o comício depois de ter falado com a polícia em Chicago, onde as tensões aumentaram nas últimas horas.

A agência AFP descreve cenas caóticas, com manifestantes em confrontos com os apoiantes de Donald Trump, e a polícia a tentar manter a ordem.

"Eu não quero que ninguém se magoe", disse posteriormente Trump à CNN. "Penso que tomámos a decisão acertada (de cancelar)... embora a nossa liberdade de expressão tenha sido violada", acrescentou.