Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

O céu pintou-se de roxo, azul e verde e é tão bonito que parece impossível

  • 333

Lietzen, Brandemburgo, na Alemanha

PATRICK PLEUL / EPA

É uma combinação de fatores rara que tem que ver com ventos, partículas solares e campos magnéticos. A explicação é técnica, mas o resultado da aurora boreal que os britânicos e germânicos testemunharam este domingo parece pintado à mão

Há momentos em que a natureza nos surpreende e nos relembra que tudo o que os humanos conseguem fazer ela faz melhor. Exemplo disso foi o espetáculo que proporcionou na noite deste domingo, altura em que o céu se pintou de verde, azul e roxo e os britânicos e germânicos se puderam maravilhar com a visão de uma rara aurora boreal.

Embora este fenómeno só costume ser visível no norte da Escócia, desta vez uma combinação de fatores fez com que muitos espectadores por todo o Reino Unido e até na Alemanha pudessem observar o espetáculo de cores. “De vez em quando os ventos solares aumentam mais do que é habitual, com partículas a velocidades maiores, e nesta ocasião isso ligou-se muito bem ao campo magnético da terra”, explica a meteorologista Amanda Townsend ao "Guardian".

A explicação é algo técnica, mas o resultado é maravilhoso.

Lietzen, Brandemburgo, na Alemanha

Lietzen, Brandemburgo, na Alemanha

PATRICK PLEUL / EPA