Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Combates na fronteira da Tunísia com a Líbia fazem pelo menos dez mortos

  • 333

Homens armados atacaram esquadra da polícia em Ben Gardane, no leste da Tunísia, entrando em confrontos com as autoridades. Um dos suspeitos, que ficou ferido durante o tiroteio, foi detido pela polícia tunisina

Pelo menos dez homens armadas foram abatidos pelas forças de segurança da Tunísia em confrontos na cidade de Ben Gardane, perto da fronteira com a Líbia. O grupo tentou atacar uma esquadra da guarda nacional, com um outro a atacar em simultâneo barracas militares da região. Segundo o porta-voz do Ministério da Defesa tunisino Rachid Bouhoula, citado pela AFP, um dos homens, que ficou ferido durante os confrontos, foi detido pelas autoridades.

Os atacantes usaram armamento pesado, incluindo lançadores de granadas, e conseguiram roubar uma ambulância. Os confrontos aconteceram uma semana depois de as autoridades terem reforçado a presença militar em Ben Gardane, perante as recentes movimentações de militantes do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) na vizinha Líbia.

A Tunísia está sob alerta desde meados de fevereiro, após ter recebido "informações precisas" sobre infiltrações de jihadistas no seu território logo a seguir ao ataque das forças norte-americanas a um acampamento do Daesh na cidade líbia de Sabratha, perto da fronteira com a Tunísia, a 19 de fevereiro.