Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Embaixadora acusa “Daily Mail” de denegrir Suécia em propaganda antirrefugiados

  • 333

Representante diplomática sueca em Londres enviou relatório ao seu Ministério dos Negócios Estrangeiros, onde acusa o tabloide britânico de usar o país como “meio de intimidação” contra acolhimento de refugiados no Reino Unido

O "Daily Mail" lançou uma "campanha de propaganda antirrefugiados" no Reino Unido onde "denigre" a Suécia pelas suas políticas liberais de migração — classificando o governo do país nórdico como "ingénuo", por acolher mais refugiados do que o previsto no sistema de quotas apresentado pela Comissão Europeia, para integrar 170 mil de entre mais de um milhão de pessoas que chegaram à UE em 2015.

A notícia foi avançada pelo "The Independent" citando fontes e documentos da embaixada sueca em Londres. No relatório que a embaixadora sueca terá enviado aos seus superiores do Ministério dos Negócios Estrangeiros, traduzido para inglês pelo jornal sueco "The Local", Nicola Clase queixa-se de que o Mail Online, a versão digital do "Daily Mail", tem uma abrangência internacional enorme e que as histórias onde a Suécia é alvo de críticas receberam centenas de reações desagradáveis e racistas na secção de comentários.

"O tabloide 'Daily Mail' lançou uma campanha contra as políticas de migração da Suécia", lê-se no documento. "A Suécia está a ser usada como meio de intimidação e como argumento contra a autorização de entrada de mais refugiados no Reino Unido. O 'Daily Mail' caracteriza a Suécia como ingénua e como um exemplo das consequências negativas de políticas de migração liberais."