Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Irão: reformadores consolidam votação

  • 333

Um leitor do diário iraniano "Shargh" cuja primeira página tem a fotografia do presidente Rouhani e ex-presidente Rafsanjani sob o título "Vitória decisiva dos reformadores"

ABEDIN TAHERKENAREH/EPA

Reformadores e moderados apoiantes do presidente Rouhani vencem conservadores em Teerão e na Assembleia de Peritos. Mas ainda ninguém pode reclamar uma maioria decisiva nas eleições de sexta-feira

A aliança entre reformadores e moderados apoiantes do presidente Rouhani vencem conservadores em Teerão e na Assembleia de Peritos. Mas ainda ninguém pode reclamar uma maioria decisiva Os eleitores iranianos confirmam a política de abertura iniciada pelo presidente Hassan Rouhani nas primeiras eleições desde a assinatura do acordo nuclear e o levantamento das sanções impostas pelo Ocidente.

O apoio a Rouhani cresce à medida que são apurados os resultados das eleições de sexta-feira. Com 1 543 185 votos, Mohammad Reza Aref, antigo vice-presidente e líder da coligação pró-Rouhani lidera a lista dos 30 mais votados em Teerão. Segundo os dados publicados hoje, segunda-feira, pela agência iraniana de notícias IRNA, os reformadores ganharam os trinta lugares eleitos por Teerão para o Parlamento. Na anterior legislatura, os conservadores dominavam quase por completo a lista de eleitos pela capital.

Mas os conservadores dominam em outras províncias e cidades do país onde o escrutínio ainda não terminou. Ainda é cedo para se falar em maioria de uma ou outra fação. Uma projeção da agência France Presse para 206 dos 260 lugares de deputados por preencher, aponta para 61 deputados conservadores, 43 lugares para a Lista da Esperança - a aliança pro-Rouhani entre moderados e reformistas - os independentes 51.

Os resultados finais destas eleições legislativas devem ser conhecido entre o fim do dia de hoje, segunda-feira, e amanhã.

Rafsanjani mais votado para Assembleia de Peritos

O ex-presidente Akbar Hashemi Rafsanjani, apoiante de Rouhani, obteve 2 3012492 votos para Assembleia de Peritos e foi o nome mais votado pelos eleitores da capital, numa votação em que reformadores e moderados conquistaram 15 do 16 lugares disponíveis por Teerão. Um vitória tanto mais significativa quanto é sabido que a Assembleia de Peritos é o órgão clerical que nomeia ou, eventualmente, destitui o Guia Supremo, a mais alta autoridade do país. Os 88 clérigos que o compõem são também quem define as principais linhas da política interna e externa iraniana. Dado que o mandato dos “Peritos” é de oito anos os recém-eleitos poderão ter que vir a designar um sucessor para o atual Guia Supremo, Ali Khamenei, de 76 anos de idade.