Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pequim posiciona aviões de combate numa das ilhas do Mar do Sul da China

  • 333

Tensões aumentam à medida que a “agenda de expansão” chinesa no mar do Sul da China se vai alargando.

Informação foi avançada pela Fox News uma semana depois de o regime chinês ter prometido mobilizar mais armamento para a disputada rota marítima, caso os Estados Unidos continuassem a invadir as suas “águas territoriais”

A China colocou aviões de combate numa das ilhas disputadas do Mar do Sul da China, avançou esta quarta-feira a cadeia de televisão norte-americana Fox News. Com base em informações de altos funcionários dos Estados Unidos sob anonimato, o canal conservador revela que a China dispõe de aviões J-11 e JH-7 na ilha Woody, no arquipélago das Paracel, que é disputado também por Taiwan e Vietname.

Trata-se do mesmo território junto ao qual uma embarcação militar norte-americana navegou no final de janeiro, numa ação classificada por Pequim como "provocação deliberada" e onde a China confirmou já manter armamento. Foi por causa dessas movimentações norte-americanas em águas que considera suas que, há uma semana, a China disse estar preparada para mobilizar mais armas na região marítima.

A 18 de fevereiro, a Fox News tinha avançado, com base em imagens de satélite, que Pequim já tinha instalado um sistema de mísseis na ilha Woody, ou Yongxing, como Pequim lhe chama. Na altura, o ministro da Defesa do país confirmou que armamento estava a ser instalado no disputado arquipélago, sem contudo especificar que tipo de armas.