Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump ameaça dona dos Chicago Cubs por investir milhões contra a sua candidatura

  • 333

MIKE SEGAR/ Reuters

Magnata que lidera a corrida à nomeação republicana avisa família que detém equipa de basebol de que “deve ter cuidado, porque tem muito a esconder”

É uma nova tática de guerrilha em ano de eleições presidenciais nos Estados Unidos e, dirão alguns, a mais vergonhosa já encetada pelo pré-candidato republicano Donald Trump, que neste momento, lidera a corrida à nomeação do partido para as presidenciais de novembro. Na madrugada desta terça-feira em Portugal, Trump deixou um aviso à família que detém a equipa de basebol Chicaco Cubs, dando a entender que não terá pudor em tornar públicos segredos potencialmente embaraçosos de Marlene Ricketts, a proprietária do clube.

De acordo com a Comissão Eleitoral Federal (FEC) dos EUA, Ricketts investiu esta semana três milhões de dólares (cerca de 2,7 milhões de euros) no Comité de Ação Política (PAC) "Our Principles", que foi criado por membros e apoiantes do partido republicano com o exclusivo intuito de derrubar a candidatura de Trump às presidenciais. A notícia foi avançada pelo "The New York Times" no sábado passado, dia em que Trump venceu as primárias republicanas Carolina do Sul.

Finalizada mais essa etapa da corrida à nomeação, o magnata de Nova Iorque, cuja candidatura veio causar instabilidade e mal-estar dentro do Grand Old Party (GOP), veio deixar um aviso público a Ricketts e ao seu marido por apostarem numa estratégia contrária à sua candidatura. Como tem sido seu apanágio, Trump usou o Twitter para fazer as ameaças.

"Ouvi dizer que a família Ricketts, dona dos Chicago Cubs, está secretamente a gastar dinheiro contra mim", escreveu na sua conta na rede social. "É melhor que tenham cuidado, porque eles têm muito a esconder!"

De acordo com a FEC, Marlene Ricketts é uma de apenas três pessoas que já deu dinheiro para o PAC anti-Trump.